Novocais: galeria abre as portas no Santo Cristo

Cultural | 05/10/2017

O bairro do Santo Cristo ganha nova atração cultural neste sábado, 7 de outubro: a mostra “Porto Cidade – a memória do lugar”. A Galeria Novocais traz exposição permanente da memória urbana e afetiva da Região Portuária com mais de 600 imagens que retratam o local entre 1800 e 1980, décadas antes do início da Operação Urbana Porto Maravilha. O evento que marca a inauguração da galeria no térreo do Edifício Novocais é gratuito e aberto ao público a partir das 14h. A pianista carioca Maria Teresa Madeira, especialista na obra de Ernesto Nazareth, que dá nome ao parque público na base do prédio, fará apresentação ao ar livre em tributo ao compositor.

Foto do acervo da exposição mostra crianças brincando na Praça da Harmonia
A evolução da região é apresentada em grande instalação de fotografias do século XIX ao XX que faz um percurso em imagens passando pelo Porto, Morro da Providência, Morro da Conceição, Santo Cristo, Gamboa, Saúde e Centro. A estrutura metálica cobre a galeria até o segundo andar e exibe fotos de arquivo de importantes acervos como do Instituto Moreira Salles (IMS), Museu da Imagem e do Som (MIS), Jornal O Globo, Jornal do Brasil, Arquivo Geral da Marinha e Biblioteca Nacional.  Além das fotografias, também serão expostos desenhos do artista Heitor dos Prazeres. A curadoria é da arquiteta, editora, cenógrafa, fotógrafa e diretora de arte, Ana Borelli.
“A Galeria Novocais vem dar continuidade a uma estratégia de integração do Edifício Novocais do Porto com o seu entorno. Certamente trará ao carioca a oportunidade de ver uma abordagem inédita sobre a região, uma dimensão humana mais próxima do cotidiano das pessoas, trazendo à luz cenas inédita dos tradicionais bairros da Gamboa, Saúde e Santo Cristo em especial”, afirma Armando Iazzetta, Diretor de Investimentos do Empreendimento.

Outra imagem da mostra retrata o movimento cultural da Região Portuária
No mezanino, dois importantes personagens da região serão homenageados: Ernesto Nazareth e Sebastião Pires. O primeiro, compositor brasileiro nascido no Santo Cristo em 1903, ganhou o espaço Nazareth Celestial. A sala Sebastião Pires – Em busca do tempo perdido traz holofotes para um fotógrafo pouco conhecido do público, mas familiar aos moradores do Morro da Providência e Morro do Pinto. De 1940 a 1970, retratou quem vivia nesses lugares, o carnaval, as festas e o dia a dia. Até 2016, seu trabalho era desconhecido, quando parte de seu acervo foi exibida no Museu de Arte do Rio (MAR), em instalação do artista Alexandre Sequeira, chamada de Constelação de Tião, com relatos de fotografados e suas recordações sobre o artista.
Serviço Inauguração Galeria Novocais
Entrada gratuita
Data da inauguração: sábado, 7 de Outubro
Horário da inauguração: das 14h às 20h
Horário de Funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 17h – com escala de visitas guiadas aos sábados das 11h às 16h
Endereço: Av. Cidade de Lima, 86, Santo Cristo – Rio de Janeiro
Como chegar: VLT estação Cordeiro da Graça (sentido Rodoviária); VLT estação Equador (sentido Santos Dumont)
Estacionamento no local.
*No dia da abertura será oferecido estacionamento a preço promocional: R$ 15 valor único.