MAR na coleção Museus Cariocas

| 06/12/2018

Primeiro equipamento cultural da Prefeitura do Rio erguido na Praça Mauá, o Museu de Arte do Rio (MAR) ganhou edição na coleção "Museus Brasileiros". Todos os anos, o Instituto Cultural J.Safra acrescenta um novo livro à série iniciada em 1982. Desde o primeiro volume, foram publicados 36. Cerimônia no terraço panorâmico do museu na noite de terça-feira, 4 de dezembro, lançou a edição de número 37º. O MAR entra na coleção reconhecida como referência e fonte de consulta e pesquisa para museólogos, pesquisadores, professores, estudantes e interessados em arte. 


Presidente da Cdurp, Antonio Barbosa destacou importância do MAR na história da revitalização do Porto Maravilha
Diretor-presidente do Odeon, empresa responsável pela gestão do MAR sob a coordenação da Secretaria de Municipal de Cultura, Carlos Gradim citou a importância do equipamento cultural do Município para a população. “Dois milhões de visitantes desde a abertura mostram a importância desse museu. Do total, muitos nunca tinham entrado em um”, frisou.
Representando o prefeito Marcelo Crivella, o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Antonio Barbosa, parabenizou o Grupo Safra, investidor do projeto. Destacou ainda que o local do evento, o prédio do MAR inaugurado em 2013, é o que se pode chamar de “início do Porto Maravilha”. A pedido do prefeito, Barbosa falou sobre o momento atual da revitalização e das conquistas obtidas ao longo dos últimos dois anos para a ocupação da área. À frente da empresa responsável pela operação, afirmou que ela não é um projeto pessoal ou de governo. “Esse é um projeto da cidade. No ano passado, o índice de vacância dos imóveis na Região Portuária era de 94%. Hoje caímos para algo em torno de 60%”, descreveu, marcando a importância da revitalização.

O presidente da Cdurp explicou o aumento da procura pela região. “Nós temos hoje uma mobilidade urbana interna. Uma coisa que poucos lugares do mundo têm: o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ligando sete diferentes modais aqui. Desde aquaviário, aéreo, ferroviário ao rodoviário. Senhores empresários, as pessoas que estão aqui, acreditem no Porto. Isso aqui é uma realidade. Isso aqui vai ser o centro do Rio de Janeiro", concluiu, parabenizando o Grupo Odeon e o MAR.

Serviço Museu de Arte do Rio - Coleção Museus Brasileiros
Editado pela Instituição Cultural J.Safra
37ª edição