Crivella participa de abertura de novo refeitório da Marinha

Obras | 09/01/2018

Obra do novo rancho marcou acordo entre Prefeitura do Rio e Marinha do Brasil para abrir parte da Orla Conde antes de exclusivo uso militar à visitação

O prefeito Marcelo Crivella participou da abertura do novo refeitório e da primeira grande refeição servida aos militares. A área construída de 3.711,16 m², com capacidade de 1.464 lugares e previsão de servir 6.000 refeições por dia, foi inaugurada hoje. A obra, parte das intervenções do Porto Maravilha, marca acordo fechado entre a Prefeitura do Rio e a Marinha do Brasil que beneficiou a população da cidade e visitantes.


Prefeito do Rio, Marcelo Crivella, inaugurou o novo Rancho da Marinha ao lado do comandante do 1º Distrito Naval
A demolição do Elevado da Perimetral e implantação das vias Binário do Porto e Expressa, do VLT Carioca e da Orla Conde alteraram significativamente o padrão urbano e de mobilidade da região central.  Essas intervenções foram possíveis a partir da parceria da prefeitura com a Marinha do Brasil no eixo de passagem do viaduto e do novo passeio público de 3,5 km que se estende do Armazém 8 ao Largo da Misericórdia. Conhecida como Boulevard Olímpico (área de visitação para receber público durante os Jogos Rio 2016), a Orla Conde se transformou em marco cultural e centro de lazer e prática de esportes da cidade. Acordo com o Comando do 1º Distrito Naval permitiu abrir ao público os 600 metros antes de exclusivo uso militar.  
O trecho da Orla Conde com 23.627 m² de área ganhou mobiliário urbano e paisagismo diferenciado em 22 jardins com plantas como pata-de-vaca, ipê amarelo, pau-brasil e pitanga. A construção do passeio que margeia a Baía de Guanabara lançou um desafio de engenharia para a execução de uma passagem em forma de bumerangue com 70 metros de extensão sob a ponte que dá acesso à Ilha das Cobras. Para essa obra, balsas foram utilizadas na fixação de oito estacas metálicas que compõem a fundação da estrutura com piso revestido em madeira de deque.  Da área, o visitante vê o Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), Organização Militar da Marinha do Brasil instalada na Ilha das Cobras, no interior da Baía de Guanabara,  principal centro de manutenção da Marinha do Brasil.  Também avista sob ângulo diferenciado o Mosteiro de São Bento e o Museu do Amanhã.

Foto: Edvaldo Barbosa