Vista com destaque para a Guanabara

Obras | 29/06/2016

Com as janelas voltadas à Baía de Guanabara, ao Museu do Amanhã e à recém-inaugurada Orla Prefeito Luiz Paulo Conde, o prédio comercial Vista Guanabara está pronto para receber novos inquilinos no início do segundo semestre. Após quatro anos de obras, o empreendimento no Porto Maravilha chama atenção em meio à paisagem com sua estrutura espelhada e formas diferenciadas nas esquinas das avenidas Venezuela e Barão de Tefé.



O prédio foi construído para locação comercial pelas empresas Autonomy Investimentos e GTIS Partners, com investimento de R$ 400 milhões. Roberto Miranda de Lima, diretor executivo da Autonomy Investimentos, destaca a localização privilegiada, além do fácil acesso a estações de metrô Uruguaiana e Presidente Vargas e ao VLT: "O Porto Maravilha é um marco na história da cidade, e com o Vista Guanabara agora também fazemos parte deste projeto ambicioso. Não temos dúvidas de que a região se tornará um importante polo empresarial. Há inúmeras facilidades e muita infraestrutura”.

Erguido sobre terreno de aproximadamente 3.900 m², o edifício terá 27 andares, com 17 de escritórios e quatro de garagem, além de bicicletário. O projeto foi idealizado pelo escritório de arquitetura norte-americano Kohn Pedersen Fox (KPF) - também responsável por edifícios emblemáticos como Sixty London (Londres), 10&30 Hudson Yards (Estados Unidos), The Otemachi Tower (Japão) e SOHO Gubei (China) – em parceria com o escritório nacional ARQ&URB Projetos.

Diretor de Administração e Finanças da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Sérgio Lopes destacou a valorização da área com a conclusão das obras como o maior atrativo na chegada de grandes empreendimentos. “O Porto Maravilha revitalizou a região, chamando a atenção de grandes empresas e aumentando o número de unidades em novos empreendimentos imobiliários, bem como a requalificação dos já existentes. O Vista Guanabara é um bom exemplo desse movimento do mercado”, explica.

 
Formas arrojadas do prédio se destacam na nova paisagem urbana da região

Em acordo com as diretrizes de sustentabilidade da operação urbana Porto Maravilha, a construção do Vista Guanabara trabalhou com tecnologia de ponta voltada à sustentabilidade. A obra usou materiais reciclados, madeira certificada e de reflorestamento. O empreendimento garantiu a pré-certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) nível Gold, que atesta critérios de sustentabilidade aplicados e executados na concepção, durante a construção e após a entrega. Além de autossuficiência e eficiência em energia elétrica, o prédio tem redução no consumo de água potável, vidros com controle solar para redução do calor no ambiente interno e alto isolamento acústico aos ruídos externos. "O Vista Guanabara foi concebido para oferecer ao seu usuário o mais alto padrão de qualidade e de infraestrutura, com foco na sustentabilidade e eficiência do projeto", ressalta Maristella Val Diniz, Diretora da GTIS Partners.

Texto: Helena Soares /Vídeo e foto: Divulgação Vista Guanabara