Praça Mauá de volta para o futuro

Social, Cultural | 06/09/2015

Cariocas e turistas participam de dia de atividades gratuitas para adultos e crianças

A Prefeitura do Rio devolveu a Praça Mauá à cidade e aos cariocas no domingo, 6 de setembro, em grande estilo, com um dia de atividades gratuitas para adultos e crianças, shows de música, teatro e gastronomia ao ar livre. Urbanizada no início do século passado, quando a grande reforma do prefeito Pereira Passos aterrou 1,5 milhão de metros quadrados para a construção do Porto do Rio, a Praça Mauá nasceu com a antiga Avenida Central, atual Avenida Rio Branco. Batizada em homenagem a Irineu Evangelista de Sousa (1813-1889), o empreendedor e abolicionista Barão de Mauá, representava a integração da cidade ao Porto e à Baía. No centro da revitalização da Região Portuária, na esplanada diante do Museu do Amanhã, a Praça Mauá se volta novamente ao futuro com o mesmo espírito de integração e desenvolvimento.

Fechado desde 2011 para obras do Túnel Rio450, inaugurado este ano, o novo espaço do Porto Maravilha começou a ser revitalizado há um ano antes de ser reaberto para moradores e turistas como a primeira praça da Orla da Guanabara Prefeito Luiz Paulo Conde. Com o fechamento da Avenida Rio Branco para carros entre 7h e 18h, pedestres e ciclistas chegavam maravilhados em grandes grupos à Praça Mauá. "Com tanta coisa grandiosa que já inaugurei, e mesmo com as ideias mais atrevidas que já tive, nunca imaginei inaugurar essa Praça Mauá tão linda e cheia como hoje", comemorou o prefeito Eduardo Paes durante o evento.
Moema e Heráclito Amorim se conheceram há 30 anos no carnaval na Avenida Rio Branco. Moradores da Saúde, participaram da festa de reinauguração da Praça Mauá com suas duas cachorrinhas, Sofia e Olívia. "Depois de tudo pronto, vemos que valeu a pena. Aqui não tinha nada para a gente fazer. Aos domingos, era morto. Ficou muito bacana mesmo. Valeu", resumiu Heráclito.

Moema e Heráclito Amorim, moradores da Saúde, participaram da festa com suas duas cachorrinhas

Seis vezes maior, o espaço tem hoje 25 mil metros quadrados ante os 4 mil metros quadrados da configuração original. Saiu da sombra do Elevado da Perimetral para se tornar a mais nova opção de lazer e convivência da cidade, com cinco canteiros de flores, 80 bancos, 58 árvores (31 preservadas e 27 novas) e diferentes tipos de arbustos. A obra utilizou 11 mil metros quadrados de diferentes tipos de granito; implantou 50 postes e luminárias de LED e adotou sistema de drenagem especial com canaletas embutidas.Contratada pela prefeitura para executar as obras e prestar serviços nos 5 milhões de metros quadrados do Porto Maravilha, a Concessionária Porto Novo escalou 250 trabalhadores para renovar o espaço sem perda do conceito original. A Concessionária VLT Carioca destacou 70 operários para a instalação dos 560 metros de trilhos, entre o prédio da Polícia Federal e o começo da Avenida Rio Branco, que vão transformar ainda mais a área quando o sistema entrar em operação em 2016.

O espanhol Francisco Patxi desembarcou na Rodoviária Novo Rio no domingo de manhã sem saber o que o esperava. A cidade maravilhosa é o último destino de sua viagem pelo Brasil, acompanhado de sua bicicleta. Ao pedalar em direção ao Aterro do Flamengo, esbarrou com a festa da nova Praça Mauá. "Durante minha viagem pelo Brasil, encontrei pessoas muito legais, boas comigo. Não tive nenhum problema. Agora, para finalizar, queria conhecer o Rio de Janeiro, a cidade mais importante do mundo. Acabo de chegar de ônibus e estou muito surpreso, é maravilhoso. Eu não sabia de nada e desembarquei no momento certo para a reinauguração da praça. E, ainda por cima, hoje é o primeiro dia que poderei seguir direto de bicicleta até o Flamengo [pela Avenida Rio Branco]. Foi feito pra mim", brincou.

https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtp1/v/t1.0-9/11224230_1086401414713140_4154729797175823340_n.jpg?oh=ff0c581df048d00ea42f0e52c590dc34&oe=56624EB1&__gda__=1450452631_fe9500e94e9ea6e6810333a8e583a5c6

Após desembarcar na rodoviária, o espanhol Francisco Patxi seguiu com sua bicicleta em direção à Zona Sul e se surpreendeu com o domingo de festa na Praça Mauá

Para os frequentadores do circuito cultural da Região Portuária, como o Morro da Conceição, o Largo da Prainha, a Pedra do Sal e o Cais do Valongo, a praça volta a concentrar atenções. Entre o Museu de Arte do Rio (MAR) e o futuro Museu do Amanhã, a Parada dos Museus do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) também fica no centro do trajeto que parte da Rodoviária Novo Rio, passa pela Via Binário do Porto, Avenida Rodrigues Alves, Praça Mauá e a Avenida Rio Branco até o Aeroporto Santos Dumont.

Moradora do Morro da Conceição, Maria Bezerra, 65 anos, veio cedo com uma amiga conferir como ficou a praça. Chegou às 9h.  Não se cansava de repetir: "Valeu a pena. Valeu a pena toda a poeira e o barulho das obras. A Praça Mauá está linda. Agora temos opção de caminhada, museus, atividades culturais. Hoje é um dia para comemorar".

http://portomaravilha.com.br/materias/praca-maua/2.jpg

Maria Bezerra, moradora do Morro da Conceição, chegou às 9h para não perder nada da festa

A Praça Mauá é a primeira a ser inaugurada na nova Orla Conde, área de 3,5 quilômetros que se estende por toda a frente marítima, do Armazém 8 do Cais do Porto à Praça da Misericórdia, e conecta pelo menos 27 centros culturais da região central da cidade, valorizando especialmente a circulação de pedestres e ciclistas. O prefeito Eduardo Paes batizou o caminho de 215 mil metros quadrados em homenagem ao ex-prefeito, arquiteto e urbanista Luiz Paulo Conde, que sempre defendeu a demolição do Elevado da Perimetral, fundamental para a revitalização da Região Portuária.

Atividades gratuitas na praça e no MAR

Para comemorar a reinauguração, no dia 6 de setembro a Prefeitura do Rio - por meio da Secretaria Municipal de Cultura, da Riotur, da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) e das concessionárias Porto Novo e VLT Carioca - organizou atrações gratuitas ao longo do dia. Das 9h30 às 18h, a festa reuniu blocos e escolas de samba da região, roda de chorinho, apresentação teatral, festival gastronômico com quituteiros do grupo Sabores do Porto e food trucks (comida sobre rodas).

#CIDADEOLIMPICA

Na reinauguração, a Prefeitura do Rio apresentou escultura de 25 metros com a inscrição #cidadeolimpica, tendo como paisagem a Baía de Guanabara e o Museu do Amanhã. As letras que formam a hashtag foram pintadas por artistas plásticos em pontos do Rio de Janeiro com projetos municipais estratégicos nas áreas de Educação, Saúde, Mobilidade, Cultura, Esporte e Lazer. A Praça Mauá se torna, assim, ícone das transformações que deixam um legado para a cidade.

http://portomaravilha.com.br/materias/praca-maua/3.jpg

Atividades gratuitas lotaram a Praça Mauá durante todo o dia

Fotos: Clarice Tenório Barretto