Projeto Porto Maravilha

Terminal Américo Fontenelle será modernizado

Ponto final de coletivos da Baixada Fluminense, o Terminal Rodoviário Américo Fontenelle recebe 1 milhão de ônibus e mais de 100 milhões de passageiros por ano. Alvo de muitas críticas e instalado no centro da área da operação urbana Porto Maravilha, será totalmente remodelado e modernizado. O Consórcio Rio Terminais Rodoviários de Passageiros - formado pela Federação das Empresas de Transportes de passageiros do Estado do Rio (Fetranspor) e pela Socicam, que administra também a Rodoviária Novo Rio - assumiu a gestão do terminal no dia 5 de maio. Os novos gestores já anunciaram que ele será demolido e reconstruído.

Diretor do Consórcio Rio Terminais, Arthur César afirma que o período de reestruturação do espaço será de 24 meses, mas ainda não tem uma data para começar, o que será definido em breve. "Acreditamos que a reconstrução do Terminal Américo Fontenelle será fundamental para o processo de reurbanização da Região Portuária porque agrega valor ao projeto, uma vez que ele será totalmente remodelado, além de estar em uma área de concentração de muitas intervenções", anunciou Arthur César.

Terminal Américo Fontenelle, alvo de muitas críticas e instalado no centro da área da operação urbana Porto Maravilha, será totalmente remodelado e modernizado

O consórcio também assumiu a administração e a operação dos terminais rodoviários Menezes Côrtes, Nova Iguaçu e Nilópolis, com projetos de investimentos superiores a R$ 25 milhões. As melhorias vão da segurança à implantação de tecnologia. Em cada um será instalado um Centro de Controle Operacional com monitoramento por meio de câmeras, serviços de limpeza e iluminação. As plataformas terão TVs de plasma e painéis de LCD com a informação dos horários das saídas dos ônibus. "Todos os terminais que estamos assumindo vão receber diversas melhorias. Além das novas tecnologias e da segurança, temos um projeto pensado especialmente para assegurar total acessibilidade de atendimento às necessidades de portadores de deficiência", acrescentou Arthur.

Perspectiva de como ficará novo Terminal Rodoviário Américo Fontenelle que recebe 1 milhão de ônibus e mais de 100 milhões de passageiros por ano

Ao lançar a licitação, a Companhia de Desenvolvimento Rodoviário e Terminais do Estado do Rio de Janeiro (Coderte) divulgou as exigências. Os novos terminais deverão adotar um novo padrão de serviços. Entre as inovações exigidas na licitação que deu a concessão ao Rio Terminais estão a utilização de meios eletrônicos para o gerenciamento, emissão de relatórios operacionais e as obras de manutenção. Estima-se que o espaço ocupado pelo terminal será dobrado. Hoje ele ocupa 18 mil metros quadrados. As novas instalações serão climatizadas e terão um shopping center, além de seis plataformas para o embarque e desembarque de passageiros, área de estacionamento e até posto policial. A Coderte classificou a Rodoviária Novo Rio como um padrão a ser adotado. O novo Américo Fontenelle deverá ter área administrativa, bilheteria, sanitários e até jardins.

Última atualização: 10/05/2012